Domingo, 28 de Maio de 2017

Brasil

Publicada em 15/10/15 as 20:43h - 151 visualizações
Comitiva do sudeste paraense e bancada federal exigem continuidade de asfaltamento para desbloqueio da BR-230
O deputado Hélio Leite, disse que a obrigação da bancada é destravar os gargalos que estão impedindo a continuidade dessas obras

Assessoria de Comunicação - Senador Paulo Rocha

Link da Notícia:

 (Foto: Assessoria de Comunicação - Senador Paulo Rocha )

Comitiva do sudeste paraense e bancada federal exigem continuidade de asfaltamento para desbloqueio da BR-230

 A bancada federal do Pará, coordenada pelo senador Paulo Rocha (PT) e deputado Lúcio Vale (PR), juntamente com os parlamentares; Beto Salame (Pros), Zé Geraldo (PT), Hélio Leite (DEM), deputados estaduais, prefeitos,  vereadores  e movimentos sociais estiveram com representante da Casa Civil no Palácio do Planalto, com diretor geral do Departamento Nacional de Infra -estrutura - Dnit, Valter Casimiro Silveira e o secretário do Programa de Aceleração do Crescimento, Maurício Muniz Barretto  de Carvalho, para pactuar uma saída a interdição da rodovia transamazônica, entre Marabá e Novo Repartimento, no sudeste paraense.

 Os movimentos sociais e comerciantes da área, afirmam que só vão liberar a passagem de veículos quando receberem algum posicionamento dos órgãos ambientais do governo federal a respeito da continuação do asfaltamento da BR 230. Eles também querem que seja iniciado o asfaltamento da rodovia BR-422, entre Novo Repartimento e Tucuruí.

 O senador Paulo Rocha, afirmou que ele persegue o sonho o do ex - presidente Lula, que era ter terminado, ainda no seu governo, a conclusão das obras da rodovia transamazônicas.  "Como vejo que a situação é uma questão de governo, vou perseguir nessa caminhada até a que tudo seja resolvido, por isto já marquei uma conversa com o Ministro Jaques Wagner para que ele sinta as amarguras que o povo vive, na maior área de desenvolvimento do Brasil" desabafou o senador.

 Reivindicações -  segundo o deputado Beto Salame, as principais reclamações da população têm uma parte da estrada onde está sendo feito o trabalho, que vai de Marabá até Cajazeira do Norte, em Itupiranga, uns 70 quilômetros no total. A empresa que está fazendo o serviço já chegou até uns quatro quilômetros depois de Cajazeira, mas informou que não deve seguir por falta de licenças ambientais.

 Ainda segundo a comitiva, de Cajazeiras até Novo Repartimento, são mais 114 km que ainda não foram asfaltados, um dos motivos da manifestação. "'Já passou da hora de resolverem esse problema da Transamazônica. Quando é inverno é só lama e quando é verão, essa poeira que ninguém aguenta", explicou a deputada estadual Eliane Lima.

 Além do asfalto, os representantes dos movimentos de apoio as manifestações também reivindicam a reforma das pontes que ficam no trecho entre Novo Repartimento e Pacajá. Apesar desse trecho da estrada ser todo asfaltado, as pontes estão em condições precárias, algumas ainda são improvisas com troncos de madeira.

 

Outro trecho que também reivindicam o asfaltamento é o da BR-422, que liga Novo Repartimento a Tucuruí, mais cerca de 60 quilômetros. Nesse trecho não há nenhuma obra de asfaltamento.

 O deputado Hélio Leite, disse que a obrigação da bancada é destravar os gargalos que estão impedindo a continuidade dessas obras. " À população quer uma resposta de órgãos ambientais como Ibama, Ministério do Meio Ambiente e DNIT (Departamento Nacional de Infra-instrutora de Transportes) sobre a continuação das obras na região.

 Ainda será motivo de negociações as reformas das pontes que ficam no trecho entre Novo Repartimento e Pacajá. Apesar desse trecho da estrada ser todo asfaltado, as pontes estão em condições de precariedade, algumas ainda são improvisadas com troncos de madeira. A ponte sob o Rio Aratau, em Pacajá, que desabou em agosto de 2014, ainda não foi reconstruída.

Assessoria de Comunicação - Senador Paulo Rocha (PT-PA).

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

..:: No ar Agora ::. programa sucesso sertanejo
ANOS DOURADOS com JUAREZ QUEIROZ ( ANOS DOURADOS - JOVEM GUARDA
Bate Papo

Digite seu NOME:


Peça sua Música

  • Antonio Junior
    Cidade:
    Mensagem: Edu Braga- Eu Levei Foi Gaia
  • jucelia soares
    Cidade: sao paulo
    Mensagem: raridade
  • camille goes
    Cidade: xinguara
    Mensagem: Barreiras c/brunno carvalho
  • max muller
    Cidade: xinguara
    Mensagem: aguente coraçao
  • Antonia
    Cidade: Xinguara
    Mensagem: bom dia meu nome é Antonia,sou recém chegada a cidade,sou formada em pedagogia tenho experiência e estou precisando trabalhar!meu contato 094991953937
  • Lásaro Pereia Cardoso
    Cidade: Porto Alegre do Norte MT
    Mensagem: Preciso encontrar o familiar de uma jovem senhora que foi afastada quando criança. estou no interior de mato grosso, já tentei ligações nesta, mais nada até agora. O nome do que mora aí é Edson Alves da Silva esposa Edia, End; Rua 03, casa 44, Xinguara PA
Publicidade Lateral
Top Música



Nenhuma Música cadastrada




Visitante Online
Menu Adicional
Depoimentos


Sem Depoimentos no momento
Parceiros

Em 2015 estamos completando 14 anos de sucesso no ar, graças à audiência do povo Xinguarense. Neste momento renovamos o nosso compromisso com seriedade em um trabalho com afinco no campo social e cultural; respeitando a diversidade de pensamentos: polític
Copyright (c) 2017 - Rádio União FM - Todos os direitos reservados